Fome de Vencer

Helena D'Aguilar - 15/07/2016 - 12:50

Fome de Vencer

Foi este o lema que serviu de mote à campanha mobilizadora de apoio à selecção portuguesa.

Pretendeu-se com esta frase criar um sentimento de motivação, de incentivo a uma equipa que já há muito queria ganhar, mas queria também mobilizar todos os portugueses e criar uma energia muito positiva, que transmitisse a todos a mesma fome de vencer que tinha esta equipa.

Com uma equipa em que muitos não acreditaram e com um treinador que também muitos não confiavam, fez-se uma equipa que acreditou que era possível ganhar e aquilo que poderia parecer um obstáculo, com a saída do Ronaldo logo após alguns minutos de jogo, fez com que este grupo se tornasse ainda mais forte, ao contrário do que muitos estariam à espera: que se tornasse mais frágil.

Quando vamos a Jogo, é este o sentimento que deve prevalecer: o de acreditar, de confiar no treinador e, acima de tudo, reunir uma boa equipa, nunca subestimar o adversário nem reagir a provocações. Estes factores podem ser fatais na estratégia do jogo, que tem um único objectivo: ganhar.

Portugal ganhou o título de Campeão Europeu na modalidade do Futebol. Ganhou ainda outras medalhas noutras Modalidades como Atletismo, com três títulos europeus através de Sara Moreira e Patrícia Mamona. Conquistamos ainda três medalhas nos Europeus de Atletismo (prata nos 10.000 metros, pela Ana Dulce Félix e bronze na meia maratona e no lançamento do peso, por Jéssica Augusto e Tsanko Arnaudov, respectivamente).

Significa que Portugal está de parabéns na área Desportiva, espera-se por isso, e por muito mais, um investimento por parte do Estado e das próprias Autarquias no Desporto.

É com este espírito de campeão que devemos nortear aquilo que fazemos, com a mesma motivação e dedicação de um verdadeiro campeonato.

Audio Player

COMENTE ESTE ARTIGO