“Pelo futuro da nossa terra”.

Marcelo Guerreiro - 12/07/2016 - 04:11

“Pelo futuro da nossa terra”.

Caros Ouvintes da Rádio Pax,

Num território como o nosso, a água assume uma grande importância. É certo que durante muitos anos habituámo-nos a viver e a sobreviver com base no sequeiro, mas a expansão do sistema de rega do Alqueva abriu novas oportunidades para a nossa agricultura e para o Mundo Rural. É por isso que também defendo a ligação da Barragem do Roxo à Barragem da Rocha.

No entanto, por haver mais água, não significa que tenhamos menor atenção ao seu uso racional e não pensemos nos impactos das alterações climáticas.

Por tudo isto, porque as nossas paisagens são fundamentais para a afirmação turística do Baixo Alentejo, damos uma atenção permanente às questões do abastecimento de água e do tratamento dos resíduos.

É com esse espírito que vamos inaugurar no próximo dia 20 julho, com a presença do Ministro do Ambiente, a Estação de Tratamento de Águas (ETA) de Monte da Rocha e a intervenção de requalificação da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Ourique (ETAR).

Melhor abastecimento de água, Melhor ambiente.

Embora situados no Município de Ourique, os investimentos em causa vão também beneficiar os Municípios de Odemira, de Almodôvar e de Castro Verde.

Noutro plano, dando continuidade à nossa política de proximidade às pessoas e ao nosso território, depois de Panóias e de Santa Luzia, levámos as Presidências Abertas do Município de Ourique a Santana da Serra, onde as potencialidades do Mundo Rural partilham relevância com a dispersão das povoações, o envelhecimento da população e os desafios da preservação do território, da fauna e da flora da serra.

Durante o programa da Presidência Aberta, para além da concretização das medidas sociais de apoio aos Ouriquenses, visitámos obras importantes para a mobilidade e para as condições de vida de quem escolheu viver e trabalhar no território de Santa da Serra, dos caminhos rurais à eletrificação. No que diz respeito à eletrificação rural, à falta de financiamento comunitário para o efeito, o Município prosseguirá o esforço de concretização de investimento no território de acordo com as disponibilidades financeiras.

Como estamos no Verão, desejo aos que vão de férias um bom descanso, aos que nos visitam sejam bem-vindos e a todos nós votos de redobrados cuidados com a condução e com os riscos de incêndios florestais.

Três notas finais

Uma nota nacional

Esperemos que tendo nascido torto, se endireite. Os fundos comunitários, dois anos depois do início do novo quadro, tinham 5% de execução. Esteve bem o governo ao criar um mecanismo para acelerar o investimento em 2016.

Uma nota regional

A desertificação e a questão demográfica exigem iniciativas urgentes. Um lançar de sementes que faça somar ao trabalho local a iniciativa articulada do Poder Central e os recursos financeiros.

Uma nota local

As Férias de Verão 2016 do Município de Ourique destinadas aos jovens do concelho com idades entre os 12 e os 18 anos decorrerão até setembro, inscrevam-se. Vai valer a pena. 

Audio Player

COMENTE ESTE ARTIGO