Túnel do Marão

Jorge Rosa - 13/05/2016 - 09:36

Túnel do Marão

A minha crónica será sobre a mais recente inauguração duma obra pública de relevo, no caso o denominado Túnel do Marão. Uma obra que iniciou ainda em tempos do governo PS do Eng.º Sócrates, que foi continuada no governo de coligação PSD/CDS, e que foi concluída e inaugurada já no tempo em funções do atual governo PS, do Dr. António Costa. Uma obra muito consensual, pela extrema necessidade que naquela parte do território português se sentia na ligação do litoral com o interior, na maior ligação dessas duas realidades territoriais, e que apesar de ter atravessado 3 governos não parou e foi concluída. Não consensual foi a cerimónia de inauguração, pois se para o 1º ministro António Costa fez sentido presidir à cerimónia de inauguração, já para o agora líder do principal partido da oposição, Dr. Passos Coelho, a presença do 1º ministro era dispensável, bastando para tanto a presença do Sr. Ministro da Economia. Mais disse ainda nunca ter inaugurado nenhuma obra enquanto 1º ministro, por não querer parecer eleitoralista um 1º ministro inaugurar uma obra. Não estou nada de acordo com esta opinião do Dr. Passos Coelho, e nem o mesmo teve esta prática, pois na verdade esteve em várias inaugurações de diferentes obras. Talvez já se tenha esquecido, mas na minha opinião, faz muito sentido que um 1º ministro esteja em inaugurações de obras. Não se exige obviamente que esteja em todas, mas deve de estar naquelas que são marcantes, pelos motivos mais óbvios. Porque se gastaram dinheiros públicos e o 1º ministro tem de dar a cara por esses investimentos; porque a sua presença vai destacar e logo valorizar os objetivos pelos quais se executou aquela obra; porque as regiões, e as populações, e os seus autarcas e forças vivas merecem o respeito de ter presente nos momentos importantes o 1º ministro de Portugal. Que sentido faria que um líder duma autarquia, o presidente de câmara, que faz executar as obras, não estivesse depois na sua inauguração e enviasse outra pessoa em sua representação, ainda que fosse um vereador? A sua ausência faria até duvidar as populações sobre a importância, sobre o valor da intervenção, sendo até desrespeitosa a sua não presença perante a população. Congratulo-me pois com a atitude do Sr. 1º ministro, Dr. António Costa por ter presidido a esta cerimónia de inauguração, e já agora também por ter tido a humildade de convidar o Eng.º José Sócrates, que a iniciou na sua legislatura.

E desejo que também no nosso baixo Alentejo possam ser concluídas por inteiro as obras de requalificação e beneficiação dos IP`s, que estão em curso, e que em breve também tenhamos as mesmas inauguradas como merecemos. Uma boa semana para todos, e até breve.

Audio Player

COMENTE ESTE ARTIGO