Serviço Público

Marcelo Guerreiro - 16/03/2016 - 10:48

Serviço Público

Como Presidente da Câmara Municipal de Ourique, agradeço à Rádio Pax esta oportunidade,

Saúdo os nossos ouvintes nesta primeira crónica de opinião mensal.

O mais importante da política é a possibilidade de trabalhar para mudar a vida das pessoas, valorizar as nossas terras e afirmar as marcas da nossa identidade, na região e no país.

Em Ourique, para além dos vários apoios sociais e de sermos a Capital do Porco Alentejano, começámos em fevereiro, em Panóias, a percorrer as freguesias para estarmos mais próximos das pessoas, das instituições e da realidade concreta de cada uma das nossas terras.

Ver, ouvir, decidir e fazer são verbos da nossa política de proximidade. Em Panóias, na sequência da primeira Presidência Aberta estamos a investir 100 mil euros na valorização dos equipamentos sociais e do espaço público. E vamos continuar, com investimento e com afetos, a construir oportunidades de futuro para as pessoas e para o Mundo Rural.

E por falar em Mundo Rural, é já no próximo fim de semana, de 17 a 20 de Março, que realizamos em Ourique, a Feira do Porco Alentejano. Uma festa que é também um hino à capacidade de resistência dos baixo alentejanos perante as adversidades.

Há alguns anos atrás, o Porco Alentejano era uma raça em risco, hoje é uma fileira agroalimentar dinamizada, que contribui para a nossa economia local e para a afirmação de Ourique. É essa capacidade de valorizar os nossos produtos, a nossa identidade e as nossas terras que temos que continuar a mostrar, na região, no país e no estrangeiro. O Interior não é um fardo, é uma oportunidade. Assim, os poderes nacionais saibam somar atenção, decisão e recursos ao que vamos fazendo nas nossas terras, pelas pessoas, pela nossa identidade única e por Portugal.

Três notas finais

Uma nota nacional

O governo criou uma Unidade de Missão para a Valorização do interior e o novo Presidente da República falou da Batalha de Ourique na Posse. É preciso que a atenção e os sinais positivos tenham consequências para as pessoas e para os nossos territórios.

Uma nota regional

O Baixo Alentejo merece uma atenção permanente. Nem aos solavancos nem quando os governos mudam. Baixo Alentejo a todo o tempo.

Uma nota local

No próximo fim de semana, na Feira do Porco Alentejano, em Ourique, são todos muito bem vindos. O Ministro da Agricultura estará presente a 18. Apareçam.


Audio Player

COMENTE ESTE ARTIGO